Social commerce: tudo o que precisa saber

O e-commerce é um dos setores económicos de maior crescimento, principalmente desde o início da pandemia.  

Por outro lado, em média, gastamos por dia:

  • 58 minutos no Facebook;
  • 40 minutos no Youtube;
  • 53 minutos no Instagram;
  • 28 minutos no WhatsApp;
  • 1 minuto por dia no Twitter.

Embora seja um conceito ainda recente, o social commerce tem vindo a ganhar uma enorme expressão nas vendas online. Mas o que é o social commerce e em que é que difere do e-commerce? E quais as vantagens? E as plataformas que melhor acompanham esta tendência? 

Social Commerce vs. E-commerce

“Social commerce é o que acontece quando profissionais de marketing experientes pegam no melhor do e-commerce e o combinam com as redes sociais” – Stacey Mclachlan

O social commerce (s-commerce) é o processo de vender produtos diretamente nas redes sociais, sendo um subconjunto de e-commerce. É um mercado que atualmente vale $89.4 biliões, prevendo-se que cresça para os $604,5 biliões nos próximos sete anos.

Através do social commerce, toda a experiência de compra – desde a procura do produto até ao próprio ato da compra – é feita dentro de uma rede social.

Vantagens do Social Commerce

Experiência muito mais interativa do que o tradicional e-commerce

Os consumidores podem consultar os amigos rapidamente, mostrar as suas compras de forma rápida, comentar sobre a nova roupa dos amigos/familiares, rever os testemunhos de outros compradores e interagir com as marcas.

Facilita o processo de compra e reduz a jornada do consumidor

Cada clique é uma oportunidade para um potencial cliente mudar de ideias. Eles têm de clicar num anúncio ou publicação para ir para o site, adicionar o produto ao carrinho, preencher os dados de pagamento e de envio. São muitos os momentos para perder a sua atenção.

Os consumidores estão nas redes sociais. Os produtos também. E não é preciso ir a mais lado nenhum para fazer o checkout.

É uma excelente forma de recolher o feedback dos compradores

Porque não usar as funcionalidades que nos permitem fazer questionários em publicações e stories para pedir a opinião dos nossos seguidores em relação aos nossos produtos e serviços?

Nas redes sociais, conseguimos ter dados claros sobre exatamente quem são os nossos clientes e temos a oportunidade de falar diretamente com eles, seja através de um comentário ou de uma mensagem direta, para prestar um atendimento personalizado.

É onde os Millennials e a Geração Z gosta de comprar

As redes sociais são o centro comercial da atualidade. E é tão fácil (e muito mais barato) abrir aqui uma loja.

Se o seu público-alvo está na faixa etária dos 18 – 34 anos, eles já estão online e estão à espera para fazer compras enquanto fazem scroll. 

Melhores Plataformas de Social Commerce

Algumas das principais plataformas sociais já estão aptas para o social commerce, e espera-se que num  futuro próximo, mais plataformas possam integrar opções de “comprar agora”.

Atualmente são estas as plataformas de social commerce disponíveis: 

Facebook e Instagram Shops

As lojas do Facebook são personalizáveis e permitem:

  • Escolher quais as coleções ou produtos apresentar;
  • Personalizar a letra, imagens e cores de acordo com a identidade visual da marca;
  • Importar um catálogo existente de produtos do website ou criar um a partir do zero.

É possível aceder à loja do Facebook através do perfil de Instagram, anúncios de Instagram Shopping ou stories e posts de compra, podendo então optar-se pela promoção dos produtos através da publicidade online.

Todos os meses, 130 milhões de utilizadores do Instagram clicam em produtos identificados nos posts - imagem ilustrativa do artigo o que é Social commerce

As lojas do Instagram permitem aos utilizadores comprar produtos apresentados nas fotos e vídeos, mas é preciso já ter configurada a loja no Facebook Shops. É possível personalizar a página principal da loja e cada produto pode ter uma página específica com informações de preço, imagens e descrição.

Além disso, o Facebook lançou recentemente novos recursos que facilitarão a descoberta e compra de produtos online tais como:

  • As avaliações e reviews de consumidores já podem ser feitas nas Lojas do Instagram;
  • Utilização de realidade aumentada: o Facebook está a desenvolver novos métodos para as marcas e anunciantes trazerem a realidade aumentada para os seus catálogos de uma forma mais fácil e rentável;
  • Anúncios para lojas que personalizam a experiência de compra – estes baseiam-se na atividade dos consumidores para selecionar as lojas onde é mais provável que façam compras.

Em média, um utilizador do Facebook clica em 12 anúncios por mês - imagem ilustrativa do artigo o que é Social commerce

Pinterest

O Pinterest disponibiliza a opção de criar “Pins de Produto” apenas para contas comerciais, sendo estes pins exibidos na Loja do Pinterest da marca. Ainda assim, os produtos não estão disponíveis para compra dentro da plataforma – ao clicar num produto, será direcionado para um site de e-commerce para completar a compra.

O que esperar do futuro?

Atualmente, o social commerce tem vindo a tornar-se cada vez mais mainstream e a assumir-se como um dos maiores impulsionadores de receitas de comércio online. 

Contudo, é necessário testar e analisar os resultados e o processo de compra tanto na perspetiva da marca como da do consumidor, de forma a que as plataformas otimizem as próprias funcionalidades enquanto canais de venda.

Com a rápida evolução dos comportamentos dos consumidores em torno do e-commerce e do social commerce, estamos também perante uma nova era de dados e oportunidades. Esta realidade irá permitir que as marcas conheçam ainda mais o seu público-alvo atual e potencial.

No entanto, não basta colocar os produtos, preços, e respetiva funcionalidade de compra. É preciso criar, gerir e cuidar dos seguidores e consumidores através de diversos tipos de publicações que mostrem o valor da marca.

Se quiser saber mais sobre social commerce e sobre a melhor forma de criar uma comunidade forte para a sua marca, espreite o nosso portfólio e contacte-nos.

Post a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *