6 passos para preparar a sua campanha de Black Friday

A Black Friday não é só um evento, é uma maratona! Exige técnica, concentração e conhecimento sobre como preparar a campanha de Black Friday chegar à meta com uma sensação de vitória!

Todos os treinos até ao momento são essenciais para evitar lesões que possam prejudicar não só o presente, mas também o futuro da marca. Como normalmente quem participa numa corrida, participa também em várias, existe a Black Friday (este ano a 26 de novembro), Cyber Monday (29 de novembro) e, os mais destemidos, podem pensar já no Natal.

Estão prontos para um mega aquecimento dos pés à cabeça? Vamos lá! 

1. Comece por definir uma estratégia

Pondere os produtos, descontos, pacotes de oferta, de tudo o que desejar incluir na sua campanha.

Quanto à estratégia para as redes sociais, estas podem ser mais que simples motores de promoção.  O social commerce (s-commerce) permite vender produtos diretamente nas redes e pode ser muito vantajoso para a sua marca, dependendo do público-alvo.

Quais os produtos que terão descontos?

Enquanto alguns consumidores preparam as prendas de natal, outros procuram oportunidades e descontos. Consulte quais as tendências e os produtos mais pesquisados este ano para decidir quais os produtos que irão ter desconto. 

Os carrinhos de compras abandonados na loja online também podem ser uma fonte de inspiração:

  • Analise quais os produtos que foram selecionados;
  • Identifique a partir de que valor o carrinho foi abandonado;
  • Defina descontos atrativos que possam levar o cliente a finalizar a compra.

O registo dos produtos com maior volume de encomendas e as Wishlists também podem ajudar nesta tarefa. 

Qual a sua estratégia de venda?

Pode escolher o produto mais vendido, atribuir um desconto e usá-lo como chamariz para recomendar outros produtos (cross-selling). No entanto, também pode sugerir um produto novo que é melhor em termos de qualidade do que o cliente estava disposto a comprar (up-selling).

Quais os seus descontos e proposta de valor?

Considere os descontos que vai oferecer, pois uma coisa é certa: os clientes esperam promoções especiais. Mas qual o formato a usar? Vales de desconto? Portes gratuitos? Pacotes de produtos? Os lucros serão doados a uma instituição de solidariedade? 

Pense num desconto original e no canal que vai utilizar para o distribuir. 

Nestes eventos, pode ser uma boa estratégia investir em publicidade paga para garantir que alcança o público certo. Contudo, o CPM e o CPC durante estes dias provavelmente estarão mais elevados que no resto do ano, devido à procura e à concorrência. Como tal, convém estabelecer um orçamento para anúncios pagos ou para colaborar com influenciadores digitais. Não se esqueça de que deve investir nos canais de comunicação que geram maior retorno de investimento para a sua marca.

Qual a duração da promoção?

A promoção estará em vigor durante toda a semana, apenas durante as 24 horas da Black Friday ou até à Cyber Monday? Escolha qual a opção mais conveniente para vender os seus produtos. 

Quem são os seus concorrentes? 

Como estarão a preparar a campanha de Black Friday? Subscreva as suas newsletters, esteja atento ao que eles publicam nas redes sociais e ative Google Alerts para ver o que é que é dito sobre estas empresas e sobre a sua também, claro.

2. Prepare conteúdos originais e consistentes

Um dos passos essenciais para preparar a campanha de Black Friday é a criação de conteúdo adequado e atrativo:

  • Ilustre as promoções com um design criativo e consistente em todas as redes, desde a fotografia de perfil a um carrossel original com os vários produtos que têm o mesmo desconto;
  • Nas redes sociais, o importante é interagir com emojis, perguntas, gifs e hashtags gerais (#blackfriday #giftsforhim…) e específicos da sua marca (#ninjasblackfriday); 
  • Explore diferentes formatos de conteúdo como vídeos que mostrem o produto ou stories com ofertas relâmpago. Inclua CTAs mais imediatos, como “compre já” ou “não perca esta oportunidade” e coloque o link para a página onde estão os produtos com o desconto. Se tiver vários links, pode utilizar ferramentas como o linktree ou desenvolver uma landing page com foco na campanha;
  • Atualize o seu blog com artigos relacionados com os produtos que pretende vender, desde tutoriais a testemunhos. Explore as palavras-chave relacionadas com esse tópico para gerar mais tráfego e escreva artigos otimizados para os motores de pesquisa. Publique esses artigos nas redes sociais para intercalar com as suas mensagens mais promocionais e não cansar os seus seguidores;
  • Quando tudo estiver pronto, confirme os melhores momentos para publicar consoante a sua audiência e as redes sociais onde tem presença e calendarize todas as publicações. Assim, terá menos uma preocupação em mente quando o dia do evento chegar. 

3. Aposte em e-mail marketing

Existem várias razões pelas quais recomendamos apostar em e-mail marketing, tais como:

  • Um visitante da sua loja online deixou produtos abandonados no carrinho de compra? Envie um e-mail original para relembrar que os produtos estão ansiosos para conhecer a sua nova casa;
  • Gostaria de ter mais subscritores? Aproveite este período, que atrai mais gente ao site, para ativar um pop-up de subscrição com uma oferta de boas-vindas, por exemplo;
  • Tem clientes que já compraram os seus produtos mas que nunca mais voltaram? Convide-os de volta, seja através de um e-mail ou com campanhas de remarketing para uma lista de clientes já existentes e mostre-lhes as suas novidades.
  • Por último, valorize os seus clientes mais fiéis e ofereça-lhes um desconto maior, sugestões personalizadas ou acesso prévio a promoções através de um código enviado por e-mail.
  • Mas lembre-se de que todos somos humanos: tanto quem escreve o e-mail, como quem o lê. Seja moderado e não exagere na linguagem comercial. Explore as emoções e faça os clientes sentirem-se especiais, da mesma forma que fica satisfeito cada vez que o seu produto é escolhido por eles. 

4. Crie suspense 

O primeiro objetivo é criar um ambiente de curiosidade e de mistério para atrair os potenciais clientes à sua loja online no dia do evento: 

  • O que acha de criar jogos para ganhar descontos? Ou desafios originais que levem as pessoas a participar e a descobrir as vantagens dos seus produtos? 
  • Ofertas diárias limitadas no tempo também podem resultar bem pois dão uma sensação de urgência e de oportunidade única;
  • Coloque uma publicação sobre a melhor oferta no topo da página para atrair mais clientes ou crie um evento no Facebook;
  • Também pode criar wishlists no site ou perguntar o que as pessoas gostariam de comprar através de uma pool nas stories do Instagram. Existem várias ações dinâmicas e interativas que pode implementar. Até pode colocar um countdown que conte os dias ou horas que faltam até à Black Friday!

5. Otimize o seu site

  • Assegure que o seu site é compatível com todos os dispositivos;
  • Simplifique o processo de pagamentos e disponibilize opções de preenchimento automático de informações;
  • Teste o seu site ou peça a alguém de fora que o avalie com um olhar mais fresco. Se preferir, existem plataformas que fazem isso por si e que até comparam o seu site com outros semelhantes para que tenha uma melhor ideia dos seus pontos fortes e fracos;
  • Esteja disponível para os seus clientes. Prepare algumas mensagens predefinidas para enviar pelas redes sociais ou crie um chat no site com mensagens automatizadas tais como “Iremos responder o mais breve possível. Entretanto, aproveite e veja estes produtos com desconto de 50%. Não perca esta oportunidade!”.

6. Verifique t-u-d-o

Desde confirmar o inventário à atualização da política de devoluções, é fundamental verificar que tudo está em ordem para a Black Friday. Divida as diferentes tarefas e respetivos prazos pelos membros da equipa, para que nada fique pendente.  

Pense nos piores cenários que podem vir a ocorrer e qual será a melhor solução para cada um deles. Um determinado produto esgotou, mesmo apesar de ter encomendado/produzido muito mais do que imaginava que iria ser vendido? Ofereça um vale de oferta com o desconto correspondente à Black Friday, por exemplo. Pode não ser a solução ideal, mas é melhor do que deixar o cliente aborrecido e sem vontade de comprar os seus produtos. 

Não se esqueça: mais vale prevenir (agora, que ainda tem tempo) do que remediar (no próprio momento, no meio de tanta coisa).

Tem dúvidas sobre como preparar a campanha de Black Friday para a sua marca? Quer saber mais como pode ajudar a sua marca? Nós podemos ajudar, não só nestes eventos mas durante o ano todo! Contacte-nos.

Agora, sim, prontos para a corrida a sério?

Partida, largada, fugida!

Post a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *